Este blog foi oferecido a Santo António, perante o seu altar, na sua santa casa de Lisboa, para sua honra e glória nos Céus e na Terra

(Por irmã franciscana da OFS Santo António de Lisboa à Sé)

Transmissão em directo da igreja de Santo António de Lisboa à Sé

Watch live streaming video from stantonius at livestream.com

01/09/10

Santo António e Madre Teresa de Calcutá - O Pão para os Pobres



Neste recentíssimo livro publicado pela Editora Arcádia sobre a Madre Teresa de Calcutá da autoria de Leo Maasburg, sacerdote austríaco que a acompanhou durante muitos anos como conselheiro e tradutor, ressalta uma pequena mas maravilhosa história sobre Santo António.

O texto que se apresenta entre aspas foi transcrito fielmente do referido livro, apresentando-se no final das frases a respectiva referência bibliográfica “autor, ano, página”.


A história é esta:

-->O Padre Leo Maasburg aguardava ansiosamente no aeroporto de Roma a chegada de Madre Teresa que se disponibilizara a levar, na sua mala diplomática, uma caixa bem acondicionada com todos os filmes e fotografias que havia feito sobre o trabalho das Irmãs da Caridade em Calcutá.

Enquanto esperavam na sala da recolha da bagagem, todos as caixas que Madre Teresa tinha trazido consigo apareceram, menos uma. Faltava precisamente a caixa do Padre Leo com os filmes e as fotografias! 
A preocupação e desilusão foram enormes mas, com o seu apurado sentido prático, Madre Teresa aconselhou-o a "prometer alvíssaras ao Santo António, conhecido no Céu como responsável pelos perdidos" (Maasburg 2010: 87).
Seguindo o conselho de Madre Teresa, o sacerdote prometeu ao Santo António 50 dólares americanos se a caixa finalmente chegasse a salvo ao seu destino. No entanto, ao fim de dois dias ainda não tinha chegado pelo que os funcionários da alfândega já a davam como definitivamente perdida.
Com grande mágoa, foi falar com a Madre Teresa. Ela então perguntou-lhe:
“- O que é que prometeste ao Santo António?
 - O que a senhora me disse: cinquenta dólares!
 - Pois, está bem. Mas tens de lhe prometer cinquenta dólares para «pão para os pobres»! A isso, ele é particularmente sensível.” (Maasburg 2010: 87)
O Padre Leo renovou a sua promessa a Santo António, mas desta vez achou por bem duplicar a quantia para 100 dólares. Quando voltou ao aeroporto, passadas duas horas apenas, a caixa com os filmes tinha chegado, para grande surpresa de todos.
Na alma do Padre Leo nascia, contudo, uma questão: “o que é que terá motivado o Santo António a dar este desfecho ao caso? O facto de eu lhe ter prometido «pão para os pobres» ou o ter aumentado a quantia de cinquenta para cem dólares?” (Maasburg 2010: 88)

Eis a opinião da Irmã Franciscana:
Creio que não havia sequer razão para ter dúvidas, mais a mais a resposta já lhe tinha sido dada por Madre Teresa:
“PÃO PARA OS POBRES”! A ISSO, ELE É PARTICULARMENTE SENSÍVEL!”


 Fica aqui a lição de Madre Teresa e de Santo António. Duas almas “sensíveis” aos pobres dos mais pobres. Da minha alma salta apenas a questão: “Santa Madre Teresa, também é mais sensível aos pedidos feitos com o pensamento no pão para os pobres? Tenho a certeza que sim.

Santo António distribui o pão pelos pobres


Não esqueçamos, pois, de prometer a Santo António no Responso, qualquer coisa mais para o pão dos seus pobres. 
A certeza de sermos atendidos será infinita!


Sem comentários:

Enviar um comentário

RESPONSO DE SANTO ANTÓNIO

Se milagres desejais,
recorrei a Santo António;
vereis fugir o demónio
e as tentações infernais.


Refrão:

Recupera-se o perdido,
rompe-se a dura prisão
e no auge do furacão
cede o mar embravecido.


Pela sua intercessão
foge a peste, o erro, a morte,
o fraco torna-se forte
e torna-se o enfermo são.


Refrão:

Recupera-se o perdido...


Todos os males humanos
se moderam, se retiram,
digam-no aqueles que o viram;
digam-no os paduanos.


Refrão:

Recupera-se o perdido...


Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo.


Refrão:

Recupera-se o perdido...


V: Rogai por nós, Bem-Aventurado Santo António.
R: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


OREMOS

Deus eterno e omnipotente: Vós quisestes que o Vosso povo encontrasse e Santo António de Lisboa um grande pregador do Evangelho e um intercessor poderoso: concedei-nos seguir fielmente os princípios da vida cristã, para que mereçamos tê-lo como protector em todas as adversidades.

Por Jesus Cristo, Nosso Senhor.

Amen